terça-feira, fevereiro 20

Ressaca sem carnaval

Sem tempo, sem inspiração, sem saco para escrever sobre as ruas vazias no carnaval, sobre o céu nublado que vejo da janela, sobre a cerveja da qual bebi só um copo, do filme recomendado que verei hoje à tarde, do trabalho que trouxe para fazer e não fiz, das minhas tristezas antecipadas por uma ausência que ainda não é, pratico o não escrever.
Por isso tudo, é melhor pensar em nada. É melhor lembrar com saudade de um tempo quando as frases de O Pequeno Príncipe tinham significado. Hoje, diante de tanta violência, de tanto consumismo, de tantos ups, palavras e atitudes deletáveis, o Exupéry não teria cacife para competir com o mundo virtual (do qual me sirvo), talvez nem mesmo com o Paulo Coelho & Cia. Uma pena, pois o essencial ainda continua invisível aos olhos!

3 comentários:

Flávia disse...

E haja responsabilidade Ednice! São muis e muis cativados.
Bjs

Anônimo disse...

E isso é pq estava "Sem tempo, sem inspiração, sem saco para escrever...", inspirada então seria um best seller.

Parabéns!

Gsine disse...

"Pratico o não escrever"...
Ednice, pura modéstia de sua parte! Seus textos são originais, surpreendentes, tocam o coração.
Vou ler aos poucos, gota a gota...