sábado, junho 9

ArrE!!!

Há anos que Roberto Carlos canta que "além do horizonte deve ter um lugar bonito pra viver em paz" e vez por outra o que queremos mesmo é fugir, deixar esse dia-a-dia em busca de um novo horizonte.
O danado é que o horizonte nunca está fixo, anda e anda, à medida que dele nos aproximamos. Nesse distanciamento queremos o horizonte quando o que está perto nos parece insosso, sem sentido, aborrecido, inclusive nós mesmos. Assim como o horizonte, também nossas carências e quereres nunca são os mesmos, mudando, mudando.
Podemos nos aborrecer pelas coisas mais corriqueiras ou por coisas vultosas. É aquela estória de se engasgar com uma formiga e engolir um elefante, dependendo muito de nossa resistência, do quanto de paciência já foi usado. É aquela gota que faz o copo transbordar.
Em momentos assim, melhor não escrever, não conversar, nem mesmo namorar, porque termina sobrando para quem está muito próximo. Trabalhar é um sacrifício porque as coisas cotidianas enchem o saco, ler é um virar de página para trás que dá dó! Melhor dormir!
Boa noite!

2 comentários:

Lucila disse...

Eiê, amigos servem para essas horas. Não tem por aí algum dando sopa?
O bom da amizade é que ela tem ouvidos moucos quando necessário. Por isso, use e abuse de seus amigos nessas horas. Tendeu?

Magaly disse...

Estou me sentindo meio assim hoje...Como se o mundo tivesse dobrado de tamanho e eu aqui tentando entender o que não pode ser entendido nem explicado...Ai,ai o melhor é mesmo dormir,pois amanhã e outro dia não é?